Lágrimas de Sangue

Bodhidharma em gravura do século XIXBodhidharma (aprox. início do século V) foi o monge Budista tradicionalmente associado com a transmissão do Chán (Zen) à China. Têm-se muito pouca informação contemporânea sobre a vida de Bodhidharma e narrações posteriores misturaram-se com lendas, mas a maior parte dos relatos concordam que ele foi um monge no sul da Índia que viajou para o sul da China e posteriormente mudou-se para o norte. Há divergências quanto à data de sua chegada, um relato antigo diz que ele chegou durante a dinastia Liu Song (420–479), ao passo que relatos posteriores dizem que chegou durante a dinastia Liáng (502–557). Atualmente aceita-se o início do século V.

Prática e ensinamentos

Meditação

Tanlin, no prefácio ao Duas Entradas e Quatro Atos, e Daoxuan, no Outras Biografias de Monges Eminentes, mencionam uma

prática do Bodhidharma denominada “olhar-parede” (壁觀 bìguān). Tanto Tanlin quanto Daoxuan associam esta prática de “olhar-parede” com a “aquietação da mente” (安心 ān xīn). Em outro lugar, Daoxuan também diz: “Os méritos do método Mahāyāna de olhar-parede são os mais altos Estas são as primeiras menções no relato histórico do que pode ser um tipo de meditação budista relacionada com Bodhidharma. No Duas Entradas e Quatro Atos, tradicionalmente atribuído a Bodhidharma, o termo “olhar-parede” também aparece:

Aqueles que se afastam da Ilusão de volta à Realidade, que meditam nas paredes, a ausência de si-mesmo e do outro, a unidade entre mortal e sábio, e que mantêm-se impassíveis até mesmo pelas escrituras estão de acordo completo e silencioso com a razão.

Exatamente o quê a prática de “olhar-parede” de Bodhidharma compreendia continua incerto. Quase todos os relatos tratam esta prática como sendo ou uma variação indefinida de meditação, como Daoxuan e Dumoulin, ou como uma variação da meditação sentada parecida com o zazen (坐禪; Chinês: zuòchán) que posteriormnte tornou-se uma característica definidora do Chán; a última interpretação é particularmente comum entre os que trabalham do ponto de vista do Chán. Houve, também, interpretações deste “olhar-parede” como um fenómeno não-meditativo.

Lendas

Bodhidharma e artes marciais?

O Yi Jin Jing dá crédito a Bodhidhrama pelo Kung Fu Shaolin, o que o tornaria uma influência importante nas artes marciais em geral. Entretanto, tanto a atribuição do Kung Fu Shaolin a

Bodhidharma como a autenticidade do Yi Jin Jing foi condenada por historiadores incluindo Tang Hao, Xu Zhen e Matsuda Ryuchi.

Ensinamento

Numa lenda, Bodhidharma recusou-se a continuar a ensinar seu futuro estudante, Hui-k’o, que manteve vigilia por várias semanas na neve fora do monastério e cortou seu próprio braço direito para demonstrar sua sinceridade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s