Treinamento

Jianwu e aplicações em combate de força explosiva, aluno de origem síria do Taikiken ajudando em demonstração.

Técnicas

Os elementos que compõem o programa técnico essencial são basicamente:

  • Zhan Zhuang (站樁): posturas estáticas.
  • Shi Li (試力): teste de força.
  • Motsabu (摩擦步): passos aderentes.
  • Fa li (發力): emissão de força.
  • Shi Sheng (試声): energia vocal.
  • Tui Shou (推手): exercícios de mãos em contato com parceiro.
  • San Shou/Ji Ji Fa (散手): prática de combate.

1- Zhan Zhuang

O primeiro passo para se iniciar no Yiquan, é aprender como aumentar a energia do corpo.

O Zhan Zhuang é muito eficaz no desenvolvimento da força interna (Nei Jin) e da constituição física do corpo humano.

Ele é tão completo que constitui a base inicial do treinamento do Yiquan, e ao mesmo tempo é considerado como o mais avançado sistema de exercícios, uma vez que usamos nossa infinita imaginação em sua prática.

Essa etapa é dividida em duas partes, sendo que a primeira é composta apenas de exercícios voltados para a saúde, que é chamada de Jianshen Zhuang.

Começamos o treinamento com a posição “Em Pé Como Uma Árvore (Chengbao Zhuang)”. Adotamos no nosso português o nome “Abraçando a Árvore” que mais se aproxima do sentido desejado. Essa é a mais simples e a mais avançada das posições.

Após determinado período praticando Jianshen Zhuang (zhuang de saúde) iniciamos a segunda etapa do treinamento de Zhan Zhuang voltado para a luta, com exercícios mais avançados de energia Jiji Zhuang (zhuang de combate).

Os exercícios de Jiji Zhuang são praticados mentalmente, sem movimentar o corpo.

2 – Shi Li

Shi Li é o teste da força. A primeira fase é adquirir a força interna. No Shi Li essa força será testada em movimento. Aqui colocaremos em movimentos físicos a força e o movimento que imaginamos nos exercícios do Zhang Zhuang.

Novamente, não usamos a força física. Na prática do Shi Li, fazemos fluir a energia que desenvolvemos, de forma suave e sem tensões através dos músculos e nervos do corpo.

Se colocarmos a força física, os músculos e nervos ficarão rígidos e duros e a energia não fluirá. Os movimentos devem ser lentos e embora nesta fase se assemelhem na aparência ao Taijiquan ambos possuem diferenças essenciais.

3 – Fá Li

Já desenvolvemos e testamos a força interna nas duas fases anteriores. Agora é a hora de usar essa força. Colocá-la para fora, explodi-la.
Isso Mesmo, a energia que desenvolvemos será usada em combate como uma bomba, numa forma explosiva. Praticamos o Fá Li em movimentos como socos, empurrões.jogamos toda a nossa energia num único movimento de explosão.
Também isso é feito de forma relaxada, sem nenhuma força até o momento da explosão, quando ficamos tensos por uma fração de segundo, onde a energia é transferida para o adversário.

Podemos comparar esta situação com a batida de um carro, um carro se deslocando a 80km/h derrepente freia, mas antes de reduzir totalmente a velocidade ele se choca com uma pessoa, quase antes de parar, e ela é imediatamente arremessada a alguns metros. Por favor, não tentem fazer isto em casa, usem apenas a imaginação e a experiência. Quando chutamos uma bola de futebol, o que presenciamos é que a energia cinética é transferida para o corpo da pessoa, o corpo absorve parte da energia cinética e a transforma em potencial e logo em seguida em energia cinética novamente, num tempo muito pequeno essa transformação ocorre, pois o corpo humano é flexível assim como a bola de futebol, isso impede que sejamos partidos ao meio ou nos estilhacemos como vidro. O corpo humano possui uma capacidade natural de absorver impactos até um certo limite, e distribui as forças através dos tecidos do corpo isto evita que um local receba todo o trauma, mas se o impacto for muito grande ou concentrado numa área os tecidos se romperão e isto será muito perigoso, partindo os ossos e ferindo internamento os órgãos, não importando se é um ponto mortal ou não, quando a força excede um determinado patamar um golpe em qualquer local se torna mortal. Então seria um equívoco por falta de estudo adequado, falar em pontos mortais.

4 – Mo Tsa Bu

Muo Tsa Bu é o exercício que nos ensina a prática do andar na arte marcial. Podemos chamar de Shi Li das pernas. É praticado com movimentos lentos e contínuos.

O objetivo desse exercício é fortalecer as pernas e aprender a mover e posicionar o corpo como um bloco único e embora consistente, flexível.

5 – Shi Sheng

Shi Sheng emitir ou testar a voz para dar força proporcionando suporte a energia projetada.Além de usa-la para afetar a psique do oponente.

6 – Tui  Shou

Tui Shou (mãos empurrando) é o Shi Lí praticado por duas pessoas. No Tui Shou aprendemos a controlar o inimigo protegendo e usando a nossa linha central (centro de gravidade). Tentamos colocar o oponente em desequilíbrio, deslocando-o do seu centro de gravidade.

O principal objetivo do Tui Shou é aprender a sentir o oponente. Sentir os seus movimentos, sua intenção e com isso antecipar os seus movimentos. Assim podemos usar as sua força contra ele próprio e coloca-lo em posição de desvantagem.

O Tui Shou é um treino para a luta. Deve ser praticado sem o objetivo da luta, mas sempre analisando a sua possibilidade. Os movimentos são suaves e lentos como o Shi Li, movimenta-se o corpo de maneira a ocupar sempre uma posição de controle dos movimentos do oponente, visando coloca-lo em posição de desvantagem.

7 – Ji Ji Fa / San Shou

O San Shou (Shi Zuo) é o aprendizado da luta. Não existe técnica, mas apenas a colocação em prática de luta real o que se aprendeu no Tui Shou.

Podemos usar todas as partes do corpo para atacar. Aprendemos em todas as outras etapas a movimentar o corpo todo como um único bloco. Quando atacamos o oponente, podemos usar a cabeça, mãos, ombros, cotovelos, quadris, pernas, joelhos e pés. Qualquer parte do corpo vai projetar toda a energia do corpo uma vez que este se movimenta como uma unidade.

O combate real no Yiquan consiste em achar uma posição de desvantagem do oponente e atacar direto e reto nesse ponto.

O treinamento de todas as etapas do Yiquan é primordial para o seu sucesso e para se atingirmos um alto nível de saúde e de combate. Não devemos negligenciar nenhuma parte em detrimento de outra.

No Xingyiquan

形意拳 XingYiQuan on CCTV Discovery Channel

Os punhos dos Cinco Elementos são:

1. Pi Quan – Partir com o punho. É um tipo de golpe descendente parecido a um machado, que pode dar-se tanto com a palma da mão como com o punho. Se usa tanto em plano defensivo como no ofensivo. Elemento Metal: a força gerada no dorso, permite que as omoplatas massageiem os pulmões, beneficiando o sistema respiratório.

2. Ben Quan – Derrubar com o punho. É basicamente um soco direto vertical (parte de pular a frente e acima) que costuma seguir uma trajetória não retilínea, eventualmente sobe mas também descendente, ou às vezes, ascendente. Elemento Madeira: a ação horizontal dos socos diretos permite uma abertura e fechamento alternados da caixa torácica, com o que as costas fazem massagem sobre o fígado.

3. Zuan Quan – Perfurar com o punho. É um soco em espiral, uma espécie de “uppercut” diagonal que vai perfurando a medida que avança. È uma das técnicas essenciais do Xingyi. Elemento Água: A força surge desde a perna de trás e se controla e projeta desde a zona lombar. Esta ação exerce uma massagem que fortalece os rins.

4. Pao Quan – Punho de canhão. É um soco vertical unido a uma ação defensiva do antebraço contrário. Elemento fogo: a elevação do braço defensivo permite que o tórax se estire até em cima e que extensão deixe de exercer pressão sobre o coração, pelo que se tonifica o sistema cardiovascular.

5. Heng Quan – Cruzar horizontalmente o punho. È tanto um soco espiral mais curto que o Zuan Quan como um tipo de parada/desvio com o antebraço. A idéia é cruzar o ataque do adversário. Elemento Terra: O movimento horizontal do tronco até que a caixa torácica de um suave massagem sobre o estomago, o baço e o pâncreas, melhorando as funções do aparato digestivo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s