Arte Marcial Perfeita

Nos anos 40 do século XX, um grupo de alunos do mestre Wang Xiangzhai, depois de muito se prepararem, se entusiasmaram tanto com o Yiquan que resolveram apelidá-lo de Da Cheng Quan, ou arte da grande realização, porque perceberam que aquele tipo de treinamento continha algo que os levará a síntese de vários elementos de suas práticas. Podemos chamar de um estágio onde há percepção da grandiosidade da arte, Wang Xiangzhai não se sentia a vontade com o termo, pois seria como limitar, ter um ponto de chegada, desta observação poderíamos chegar a duas conclusões, Wang dizia para seus alunos que isto seria aceitar que a arte estava limitada e ele afirmava que não havia limites para o desenvolvimento.

Com a experiência de muitos anos de treinamento e as informações que dispomos, podemos aceitar as duas proposições como verdadeiras e mesmo que pareçam antagônicas, podemos entender o Dachenquan como uso do potencial latente e o Yiquan o treinamento que nos leva a a este conhecimento, então o objetivo deveria ser chegar num estágio onde cada um desenvolve o seu potencial, mas se este potencial é ou recebe aquele ou este nome depende de aprender o caminho correto.

A Arte Marcial Perfeita não se encontra numa prática, se encontra no espírito.

MRF

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s